5 ferramentas para oficina mecânica que não podem faltar em seu negócio

  Raphael Montresor   jun 18, 2019   Notícias   0 Comment
Mechanic hand checking and fixing a broken car in car service garage.

Para garantir a correta execução do serviço e a satisfação do cliente, não basta apenas ter conhecimento técnico e contar com uma equipe qualificada. A qualidade da entrega do serviço prestado também depende das ferramentas para oficina mecânica, afinal elas contribuem diretamente para o sucesso de seu negócio.

São as ferramentas que tornam o serviço mais ágil e prático para os profissionais, permitindo que o conserto do veículo seja realizado com muito mais eficácia e em menor tempo. Por outro lado, a falta delas pode causas atrasos, prejuízos e até mesmo podem  impedir a execução de algum serviço.

Se você está pensando em abrir sua própria oficina ou se já empreende no ramo automotivo deve ficar atento para não deixar faltar as ferramentas para sua oficina mecânica que são essenciais em qualquer negócio. Saiba quais são elas!

1) Conjunto de chaves

Qualquer veículo possui uma grande quantidade de parafusos que exigem diferentes tipos de chaves para a realização do serviço. Aliás, as chaves serão necessárias em quase todos os procedimentos de consertos e reparos, sendo o primeiro item indispensável de uma lista de ferramentas para oficina mecânica.

Como elas podem ser usadas diariamente, é importante investir em produtos de alta qualidade para garantir longa durabilidade e precisão na execução de um serviço, afinal as chaves passam constantemente por torções, pressões e outros problemas que podem comprometer a qualidade do material.

Um bom conjunto de chaves deve incluir:

  • Chaves Allen;
  • Chaves inglesas;
  • Chaves de fenda;
  • Chaves de boca;
  • Chaves Phillips;
  • Chaves soquete;
  • Chaves de roda.

2) Alicates

Assim como as chaves, os alicates são utilizados dos serviços mais simples aos mais complexos em uma oficina mecânica. Suas principais funções envolvem cortar cabos, pegar peças pequenas, descascar fios, desapertar porcas, etc.

Justamente pelas diversas funções que desempenham, é preciso contar com alicates específicos para a realização de diferentes serviços. Optar por alicates universais nem sempre é a melhor opção, já que podem apresentar dificuldade no manuseio, além de não garantir precisão no trabalho realizado.

3) Sistemas hidráulicos

Se o macaco hidráulico é uma ferramenta que não pode faltar nem para os proprietários de carro, para as oficinas essa ferramenta é obrigatória. Elas são indispensáveis para levantar o carro e facilitar a realização de um serviço automotivo, diminuindo o esforço físico e aumentando a agilidade do profissional.

Contudo, para serviços que exigem reparos maiores e demandam mais tempo de execução na parte inferior do veículo, o macaco pode não ser a ferramenta mais recomendada. Nesses casos, o ideal é optar por um elevador hidráulico, que suspende totalmente o veículo e permite que o colaborador tenha fácil acesso à parte inferior, dispensando o uso de fossos e otimizando o tempo gasto.

4) Scanner automotivo

Embora seja uma peça mais sofisticada, os scanner automotivo também entra para a lista de ferramentas para oficina mecânica que não podem faltar em seu negócio. Isso porque, com o avanço tecnológico na fabricação de carros, tem sido cada vez mais comuns  o uso de itens eletrônicos nos veículos.

Nesse sentido, o scanner automotivo tem a finalidade de realizar um diagnóstico completo da parte elétrica, da injeção eletrônica e dos demais componentes eletrônicos do carro. A ferramenta indica possíveis falhas e aponta o desempenho do carro, permitindo corrigir com mais precisão e rapidez um determinado problema no sistema eletrônico.

5) Instrumentos de medição

Para garantir precisão e qualidade, muitos serviços automotivos exigem que sejam feitas medições nos veículos. Como cada medição possui uma finalidade, é necessário utilizar ferramentas específicas para cada função. As mais comuns são:

  • Paquímetro: para medir distâncias;
  • Amperímetro: para medir correntes elétricas;
  • Manômetro: para medir pressão de fluídos;
  • Micrômetro: para medir espessuras e ângulos;
  • Torquímetro: para medir a resistência dos metais que são submetidos à torção.

Essas são algumas das ferramentas para oficina mecânica muito utilizadas e que, por isso, não podem faltar em seu negócio. Porém, de acordo com seu segmento ou área de atuação muitas outras ferramentas podem ser necessárias. É preciso ficar atento àquelas que são essenciais e sempre adquirir produtos de qualidade que garantem melhor custo-benefício e refletem na boa execução dos serviços.

Até a próxima!

Post a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

0
Connecting
Please wait...
Envie sua mensagem!

Não estamos por aqui agora. :( Deixe uma mensagem e nós retornaremos o mais breve possível!

* Seu nome
* Email
* Vamos falar sobre?
* Telefone
Login Chat

Dúvidas? Nós estamos aqui. Envie-nos uma mensagem!

* Seu nome
* Email
Estamos online!
Feedback

Help us help you better! Feel free to leave us any additional feedback.

How do you rate our support?
×